Estruturas & utilizador III - Tópicos


A estrutura dos dois pontos apoiados no terceiro. A estrutura dos três pontos. As ligações fortes estabelecem-se pelo contacto e primazia dos dois sobre o terceiro. A questão é: quais dois se unem para contrabalançar o terceiro. Unem-se dois a dois alternadamente.

 

O Espaço interior com fuga de volume - IN-OUT


O corte do espaço dá-se pela sobreposição física do volume interior à dualidade da dimensão exterior. O conceito obriga a não haver essa distanciação, ou melhor, perda de volume quando se passa do interior para o exterior.

 

(Assim, partindo do exterior, o espaço interior pode ser "reconstruído" de forma a haver sempre a noção volumétrica no utilizador.)

 

A relação existente entre a esfera interior e a esfera exterior é determinada pelo efeito sombra e reutiliza o termo OUT para lhe dar o mesmo significado volumétrico. Na equação da estrutura entram também as seguintes variáveis:

- Dispersão radial positiva, ao nível do aumento da projecção espacial onde se insere o utilizador. A parte física do utilizador projecta-se para o seu exterior. A sensação de flutuo do objecto é permanente.

- Dispersão radial negativa, ao nível da concentração do espaço físico determinada pelo centro (o centro não é o centro geométrico, mas a coordenada onde se encontra o utilizador). A parte física do exterior projecta-se na sensibilidade física do utilizador.

 

A relação existente entre a esfera exterior e a esfera interior é determinada pelo efeito luz e reutiliza o termo IN para lhe dar o mesmo significado volumétrico. Na equação da estrutura entram as mesmas variáveis acima, passando a Dispersão radial negativa a positiva, e a dispersão radial positiva a negativa.

 

 

 

 

in Estruturas assimiladas